8.06.2008

Calinadas argentinas

Fiquemos agora com mais algumas pérolas escolares. Desta feita, uma magnífica demonstração de erudição por parte de alunos no exame de admissão para a Universidade Católica de Mendonza, na Argentina. Entre parentesis, alguns comentários de professores, que não resistiram a trocar emails uns com os outros, com amostras das melhores calinadas que lhes caiam no regaço.

Os quatro Evangelistas:

Os quatro evangelistas eram três: São Pedro e São Paulo (leio e releio e continuo sem perceber qual é o terceiro - e último – dos quatro...)

A Catedral de Lyon:

Foi construída pelos romanos graças a um arquitecto americano (pois, que lhes enviou os planos pela internet...)

A formação das cordilheiras:

as montanhas não se formam em um ou dois dias, demoram muito tempo a formar-se (sim, semanas, talvez?)

A atmosfera:

A atmosfera é o sítio onde se encontram os processos atmosféricos, como as nuvens. Aqui se produzem os raios sísmicos, que são aqueles que produzem os terremotos e o enrugamento da terra (sem palavras)

Movimentos do coração:

De rotação ao redor de si mesmo e de trasladação ao redor do corpo (deve estar estrangulado pela aorta, o que o impede de pensar)

Círculo:

É uma linha unida nos dois extremos formando um redondel (eu não conseguiria defini-lo melhor...)

Verificar se 2639 é um número primo:

Para mim este é um número primo porque não há nenhum número que, dividido por este número, que é 2639, seja exacto. Se você achar que está mal, corrija. (fiquei encantado com a subjectividade da resposta, “para mim...”)

As etapas mais importantes da evolução do homem:

Acredita-se que a primeira aparição do Homo Sapiens se deu no ano de 570. Entre 570 e até 1200 apareceu o Homo Habilis. A partir de 1200 e até, aproximadamente, 1700 existiu o Homo Habilis e depois, homens normais (não consegui parar de rir...)

O anarquismo:

É uma ideologia racional e adstringente (será boa para a limpeza da cútis?...)

Marco Polo:

Foi um descobridor cartaginês que pretendia descobrir a América; o que conseguiu

Aquedutos:

Serviam para transportar a água de um extremo ao outro, em vez de de se ir levando com baldes (esta é a mais racional de todas)

Os marginalizados:

Vivem na rua, não têm dinheiro e, como é óbvio, não têm privilégios (sim, muito óbvio!!!)

A nobreza:

Não podiam ser dela se não tinham sangue e não eram da família desse grupo (sem palavras...)

Possessões:

Nas terras do nobre ficavam a casa do senhor, o moinho, a torradeira, etc. (faltou-lhe a trituradora eléctrica)

Literatura – Medir o segundo verso:

Cerca de 7,5 centímetros (sem palavras)

O cérebro:

As ideias, depois de falarmos, vão para o cérebro (oxalá!)

Exemplo de galináceo que não seja uma galinha:

O frango

A depuração da água:

Faz-se com os raios ultra-violentos

Movimentos do coração:

O coração está sempre em movimento, só está parado nos cadáveres

Anfíbios:

A rã tem uma abertura cloacal, através da qual lança o típico som “cloac, cloac” (insuperável, quase mágico!)

Exemplo de parasita interno:

As vísceras

Produtos vulcânicos:

As bombas atómicas

As algas:

São vegetais com características animais

Antibióticos:

O álcool, o algodão e a água oxigenada

Moisés e os israelitas:

Os israelitas, no deserto, alimentavam-se de patriarcas (apaguei o comentário do colega, era um pouco anti-semita)

A soberba:

É um apetite incontrolável para comer e beber, que se corrige praticando a luxúria

Que rio passa em Viena?

O Vesúvio Azul

Holanda:

na Holanda, em cada quatro habitantes, um é uma vaca

Fé:

É o que Deus nos dá para podermos entender os padres (e para continuar a ensinar...)

O homem primitivo:

Vestia-se de peles e refugiava-se nas tabernas

Nenhum comentário: