12.07.2009

Diário de um Médico - De rir e chorar por mais!

Carlos Barreira da Costa, médico Otorrinolaringologista do Porto, decidiu compilar no seu livro "A Medicina na Voz do Povo", com o inestimável contributo de muitos colegas de  profissão, trinta anos de histórias, crenças e dizeres ouvidos durante o exercício desta peculiar forma de apostolado que é a prática da  medicina. E dele vão verdadeiras jóias deste tão pouco conhecido léxico.

Os aparelhos genital e urinário são objecto de queixas sui generis:

> "Venho aqui mostrar a parreca".
> "A minha pardalona está a mudar de cor".
> "Às vezes prega-se-me umas comichões nas barbatanas".
> "Tenho esta comichão na perseguida porque o meu marido tem uma  infecção na ponta da natureza".
> "Fazem aqui o Papa Micau ( Papanicolau )?"
> "Quantos filhos teve?" - pergunta o médico. "Para a retrete foram  quatro, senhor doutor, e à pia baptismal levei três".
> "Apareceu-me uma ferida, não sei se de infecção se de uma f... mal dada".
> "Tenho de ser operado ao stick . Já fui operado aos estículos".
> "Quando estou de pau feito... a p... verga".
> "O Médico mandou-me lavar a montadeira logo de manhã".

O diálogo com um paciente com patologia da boca, olhos, ouvidos, nariz  e garganta é sempre um desafio para o clínico:
> "Quando me assoo dou um traque pelo ouvido, e enquanto não puxar pelo  corpo, suar, ou o ca..., o nariz não se destapa".
> "Não sei se isto que tenho no ouvido é cera ou caruncho".
> "Isto deu-me de ter metido a cabeça no frigorífico. Um mês depois fui  ao Hospital e disseram-me que tinha bolhas de ar no ouvido".
> "Ouço mal, vejo mal, tenho a mente descaída".
> "Fui ao Ftalmologista, meteu-me uns parafusinhos nos olhos a ver se as  lágrimas saiam".
> "Tenho a língua cheia de Áfricas".
> "Gostava que as papilas gustativas se manifestassem a meu favor".
> "O dente arrecolhia pus e na altura em que arrecolhia às imidulas infeccionava-as".
> "A garganta traqueia-me, dá-me aqueles estalinhos e depois fica melhor".

As perturbações da fala impacientam o doente:

> "Na voz sinto aquilo tudo embuzinado".
> "Não tenho dores, a voz é que está muito fosforenta".
> "Tenho humidade gordurosa nas cordas vocais".
> "O meu pai morreu de tísica na laringe".

Os "problemas da cabeça" são muito frequentes:
> "Há dias fiz um exame ao capacete no Hospital de S. João".
> "Andei num Neurologista que disse que parti o penedo, o rochedo ou lá  o que é...".
> "Fui a um desses médicos que não consultam a gente, só falam pra nós".
> "Vem-me muitos palpites ruins, assim de baixo para cima...".
> "A minha cabecinha começa assim a ferver e fico com ela húmida, assim  aos tombos, a trabalhar".
> "Ou caiu da burra ou foi um ataque cardeal".

As dores da coluna e do aparelho muscular e esquelético são difíceis  de suportar:

> "Metade das minhas doenças é desfalsificação dos ossos e intendência  para a tensão alta".
> "O pouco cálcio que tenho acumula-se na fractura".
> "Já tenho os ossos desclassificados".
> "Alem das itroses tenho classificação ossal".
> "O meu reumatismo é climático".
> "É uma dor insepulcrável".
> "Tenho artroses remodeladas e de densidade forte".
> "Estou desconfiado que tenho uma hérnia de escala".
 
O português bebe e fuma muito e desculpa-se com frequência:

> "Tomo um vinho que não me assobe à cabeça".
> "Eu abuso um pouco da água do Luso".
> "Não era ébrio nato mas abusava um pouco do álcool"
> "Fujo dos antibióticos por causa do estômago. Prefiro remédios  caseiros, a aguardente queimada faz-me muito bem".
> "Eu sou um fumador invertebrado".

O aparelho digestivo origina sempre muitas queixas:

> "Fui operado ao panquecas".
> "Tive três úlceras: uma macho, uma fêmea e uma de gastrina".
> "Ando com o fígado elevado. Já o tive a 40, mas agora está mais baixo".
> "Eu era muito encharcado a essa coisa da azia".
> "Senhor Doutor a minha mulher tem umas almorródias que com a sua  licença nem dá um peido".
> "Tenho pedra na basílica".
> "O meu marido está internado porque sangra pela via da frente e pinga  pela via de trás".
> "Fizeram-me um exame que era uma televisão a trabalhar e eu a comer papa".
> "Fiz uma mamografia ao intestino".
> "O meu filho foi operado ao pence (apêndice) mas não lhe puseram os  trenos (drenos), encheu o pipo e teve que pôr o soma (sonda)".

Os medicamentos e os seus efeitos prestam-se às maiores confusões:

> "Ando a tomar o EspermaCanulado"- Espasmo Canulase
> "Tenho cataratas na vista e ando a tomar o Simião" - Sermion
> "Andei a tomar umas injecções de Esferovite" - Parenterovit
> "Era um antibiótico perlim pim pim mas não me fez nada" - Piprilim
> "Agora estou melhor, tomo o Bate Certo" - Betaserc
> "Tomo o Sigerom e o Chico Bem" - Stugeron e Gincoben
> "Ando a tomar o Castro Leão" - Castilium
> "Tomei Sexovir" - Isovir
> "Tomo uma cábulas à noite".
> "Tomei uns comprimidos "jaunes", assim amarelados".
> "Tomo uns comprimidos a modos de umas aboborinhas".
> "Receitou-me uns comprimidos que me põem um pouco tonha".
> "Estava a ficar com os abéticos no sangue".
> "Diz lá no papel que o medicamento podia dar muitas complicações e alienações".
> "Quando acordo mais descaída tomo comprimidos de alta potência e fico logo melhor".
> "Ó Sra. Enfermeira, ele tem o cu como um véu. O líquido entra e nem actua".
> "Na minha opinião sinto-me com melhores sintomas".

O que os doentes pensam do médico:
> "Também desculpe, aquela médica não tinha modinhos nenhuns".
> "Especialista, médico, mas entendido!".
> "Não sou muito afluente de vir aos médicos".
> "Quando eu estou mal, os senhores são Deus, mas se me vejo de saúde  acho-vos uns estapores".
> "Gosto do Senhor Doutor! Diz logo o que tem a dizer, não anda a  engasular ninguém".
> "Não há melhor doente que eu! Faço tudo o que me mandam, com aquela  coisa de não morrer".

12.01.2009

África no seu melhor




Caim, caim, caim...

Abraão levou o filho para o deserto.... amarrou-o a uma árvore e acendeu uma fogueira debaixo dos seus pés.
De repente, uma voz diz:
- Abraão, Abraão, que é isso ????
- Senhor, Senhor, eu estou sacrificando o meu filho, conforme a Vossa ordem!!!!
- Não, Abraão, eu só queria medir a tua fé !!
- Mas Senhor....!!!!
- Abraão, solta o menino !!!!!
Abraão soltou o filho. O menino saiu disparado...correu, correu, correu, e Abraão gritava:
- Filho volte, filho volte, o Senhor libertou-te !!!!
O menino parou, longe, e gritou:
- Libertou o caralho !!! Se eu não fosse ventríloquo estava Fodido!

11.25.2009

Muppets Rhapsody

A pensar, um burro.

Um homem tinha três namoradas e não sabia com qual delas deveria casar.

Resolveu, então, fazer um teste para ver qual estava mais apta a ser a sua mulher.

Tirou 15 mil euros do banco, deu 5 mil para cada uma e disse:

- Gastem como quiserem.

A primeira foi ao shopping, comprou roupas, jóias, foi ao cabeleireiro, salão de beleza, etc.

Voltou para o homem e disse:

- Gastei todo o teu dinheiro para ficar mais bonita para ti, para te agradar. Tudo isso porque te amo.

A segunda foi ao mesmo shopping, comprou roupas para ele, um leitor de CD, uma televisão écran plano, dois pares de ténis para jogar basquetebol, tacos de golfe e filmes porno. Voltou para o homem e disse:

- Gastei todo o teu dinheiro para te fazer mais feliz, te agradar. Tudo isso porque te amo.

A terceira pegou no dinheiro, aplicou em acções. Em três dias duplicou o investimento, devolveu os 5 mil Euros para o homem e disse:

- Apliquei o teu dinheiro e ganhei o meu. Agora posso fazer o que quiser com o meu dinheiro.Tudo isso porque eu te amo.

Então o homem pensou,


pensou...


pensou...


pensou...


pensou...


pensou...


pensou... (os homens, pensam muito...)


pensou...


pensou...


pensou...


pensou...


pensou...


pensou...


pensou..


pensou...


pensou...


pensou...


pensou...


pensou...


pensou...


pensou...


pensou...


pensou.... (os homens, pensam mesmo muito...)


pensou...


pensou...


pensou...


pensou...


pensou...


pensou...





E casou com aquela que tinha as mamas maiores!

Sim (porque um homem, pensa muito... mas depois faz sempre merda!)

11.16.2009

Como começam as zangas entre casais...

A minha mulher sentou-se no sofá junto a mim enquanto
eu passava pelos canais. 
Ela perguntou, "O que tem na TV? " 
Eu disse, "Pó. "
E a briga começou...

Quando cheguei a casa ontem à noite, a minha mulher
exigiu que a levasse a algum lugar caro. 
Então eu levei-a ao posto de gasolina. 
E então a zanga começou...

A minha mulher e eu estávamos sentados numa mesa na
reunião do liceu, e eu fiquei a olhar para uma
moça bêbada que balançava seu drinque enquanto
estava sozinha numa mesa próxima. 
A minha mulher perguntou, "Conhece-la ?" 
"Sim," disse eu, "Ela é minha antiga namorada... Eu sei que
ela começou a beber logo depois de nos separarmos há
tantos anos e pelo que sei ela nunca mais ficou sóbria." 
"Meu Deus!", disse a minha mulher, "quem pensaria que alguém pudesse ficar celebrando durante tanto tempo?"
E então a zanga começou...

Depois de me reformar, fui até à Seg. Social para poder receber a reforma. A mulher que me atendeu solicitou o meu bilhete de identidade para verificar a idade.  
Procurei nos bolsos e percebi que o tinha deixado em casa.
A funcionária disse que lamentava, mas teria que o ir buscar a casa e voltar depois. E disse-me, "Desabotoe a camisa." 
Então, desabotoei-a deixando expostos os meus cabelos
crespos prateados. Ela disse, "Este cabelo prateado no seu peito é prova suficiente para mim," e processou a minha reforma. 
Quando cheguei a casa, contei entusiasmado o que ocorrera
à minha mulher. E ela disse: "Por que não baixaste as
calças? Poderias ter conseguido invalidez permanente também... "
E então a zanga começou...

A mulher está nua, olhando no espelho do quarto. Não está feliz com o que vê e diz para o marido, "Sinto-me
horrível; pareço velha, gorda e feia. Realmente preciso
de um elogio teu. "O marido retruca, "A tua visão está perto da perfeição. "
E então a zanga começou...

Levei a minha mulher ao restaurante. O empregado anotou o meu pedido primeiro. "Quero picanha mal-passada, por favor." O empregado interroga, "O Senhor não está
preocupado com a vaca louca ?" 
"Não, ela mesma pode fazer o seu pedido." - respondi.
E então a zanga começou...

O marido volta do Médico e a mulher, toda
preocupada, pergunta-lhe: "E então, o que disse o Médico?". 
De pronto, ele respondeu: "A partir de hoje, não faremos mais amor, estou proibido de comer coisas gordas."
E então a zanga começou...

10.10.2009

Curtas

LÓGICA
O garoto apanhou da vizinha, e a mãe furiosa foi tomar satisfação:
- Por que a senhora bateu no meu filho?
- Ele foi mal-educado, e me chamou de gorda.
- E a senhora acha que vai emagrecer batendo nele?

NO BALCÃO DA ALFÂNDEGA
- Seu nome ?
- Abu Abdalah Sarafi.
- Sexo ?
- ... Quatro vezes por semana...
- Não, não, não! Homem ou mulher ?
- Homem, mulher.... algumas vezes camelo...

DIVISÃO DE BENS
Dois amigos se encontram depois de muito anos.
- Casei, separei e já fizemos a partilha dos bens.
- E as crianças?
- O juiz decidiu que ficariam com aquele que mais bens recebeu.
- Então ficaram com a mãe?
- Não, ficaram com nosso advogado.

REGIME DE EMAGRECIMENTO
- Doutor, como eu faço para emagrecer ?
- Basta a senhora mover a cabeça da esquerda para direita e da direita para a esquerda.
- Quantas vezes, doutor ?
- Todas as vezes que lhe oferecerem comida.

CAIPIRA
O representante do censo pergunta ao caipira:
- Quantos filhos o senhor tem ?
- Bão... as minina são seis... os minino são quatro...
- Então sua prole é grande?
- Grande até que não, mas tá sempre dura...

BODAS
Dois amigos conversam sobre as maravilhas do Oriente..
Um deles diz:
- Quando completei 25 anos de casado, levei minha mulher ao Japão.
- Não diga? E o que pensa fazer quando completarem 50 ?
- Volto lá para buscá-la...

EMERGÊNCIA
Um eletricista vai até a UTI de um hospital, olha para os pacientes ligados a diversos tipos de aparelhos e diz-lhes:
- Respirem fundo: vou mudar o fusível.

CONFISSÃO
O condenado à morte esperava a hora da execução, quando chegou o padre:
- Meu filho, vim trazer a palavra de Deus para você.
- Perda de tempo, seu padre. Daqui a pouco vou falar com Ele, pessoalmente. Algum recado?

9.23.2009

O campino

O Velho Campino

Um velho campino, típico e tradicional do nosso Portugal, contemplava, como era seu costume, os touros a pastar nas lezírias à luz de mais um tranquilo pôr-do-sol. Pelo pitoresco do quadro e pelas vestes, que sempre envergava com assumido orgulho, era alvo da curiosidade de todos os turistas e transeuntes de outras paragens.

Naquele dia, uma jovem aproximou-se dele e fez-lhe a pergunta do costume:

- O senhor é campino?
- Sou, sim, Menina.

- Um campino verdadeiro?
- Claro!!!

- Há muitos anos ?
- Sim! Todos os dias conduzo os meus animais, e aos Domingos levo-os a lides triunfantes nas mais conceituadas arenas de Portugal!

Naquele dia, por ter acordado um pouco mais falador, colocou ele uma questão:

- E a menina?

– Eu sou lésbica. Acordo a pensar em mulheres, tomo banho, como, trabalho, adormeço e sonho a pensar em mulheres e de manhã acordo a pensar em mulheres!

No dia seguinte, foi a vez de uma outra excursão perturbar a calma local. O grupo, curioso, aproximou-se do velho campino e perguntou-lhe:

- O senhor é campino?

Após uma pequena pausa, o velho campino respondeu, um tanto atrapalhado:

- Toda a minha vida pensei que sim. Mas afinal, ontem descobri que sou lésbica....

9.12.2009

Ser tuga é...

- Levar arroz de frango para a praia.
- Guardar aquelas cuecas velhas, para polir o carro.
- Ter o colete reflector no banco do passageiro.
- Lavar o carro na rua, ao domingo.
- Ter pelo menos duas camisas traficadas da Lacoste e uma da Tommy (de cor amarelo-canário e azul-cueca).
- Passar o domingo no shopping.
- No restaurante, largar o puto de 4 anos aos berros e a correr como um louco, a incomodar os restantes Tugas.
- Tirar a cera dos ouvidos com a chave do carro ou com a tampa da esferográfica.
- Receber visitas e ir logo mostrar a casa toda.
- Enfeitar as estantes da sala com as prendas do casamento.
- Exigir que lhe chamem 'Doutor'.
- Exigir que o tratem por Sr. Engenheiro.
- Axaxinar o Portuguex ao eskrever.
- Gastar 50 mil euros no Mercedes C220 cdi, mas não comprar o kit mãos-livres, porque 'é caro'.
- Já ter 'ido à bruxa'.
- Filhos baptizados e de catecismo na mão, mas nunca pôr os pés na igreja.
- Não ser racista, mas abrir uma excepção com os ciganos.
- Ir de carro para todo o lado, aconteça o que acontecer, e, pelo menos, a 500 metros de casa.
- Dar os máximos durante 10 km, para avisar os outros condutores da polícia adiante.
- Conduzir sempre pela faixa da esquerda da auto-estrada (a da direita é para os camiões).
- Cometer 3 infracções ao código da estrada, por quilómetro percorrido!!!
- Ter três telemóveis.
- Gastar uma fortuna no telemóvel mas pensar duas vezes antes de ir ao dentista.
- Ir à bola, comprar 'prá geral' e saltar 'prá central'.
- Gravar os 'donos da bola'.
- Ter diariamente, pelo menos 8 telenovelas brasileiras e 2 imitações rascas da TVI na televisão.
- Ser mal atendido num serviço, ficar lixado da vida, mas não reclamar por escrito 'porque não se quer aborrecer'.
- Criticar o governo local, mas jamais se queixar oficialmente.
- Falar mal do Governo eleito e esquecer-se que votou nele.

9.04.2009

Barbearia

Numa Barbearia Em Londres

Um dia, um florista foi lá cortar o cabelo.
Depois do corte, quando ia pagar o barbeiro diz:
- 'Lamento, mas não posso aceitar o seu dinheiro. O que fiz foi um serviço à comunidade.'
O florista ficou satisfeito e foi-se embora.
Na manhã seguinte, ao chegar à loja o barbeiro encontrou uma dúzia de flores e um cartão que dizia 'Obrigado'.

Noutro dia, um polícia foi lá cortar o cabelo.
Depois do corte, quando ia pagar o barbeiro diz:
- 'Lamento, mas não posso aceitar o seu dinheiro. O que fiz foi um serviço à comunidade.'
O polícia ficou satisfeito e foi-se embora.
Na manhã seguinte, ao chegar à loja o barbeiro encontrou uma dúzia de donuts e um cartão que dizia 'Obrigado'.

Um dia depois, um português foi lá cortar o cabelo.
Depois do corte, quando ia pagar o barbeiro diz:
- 'Lamento, mas não posso aceitar o seu dinheiro. O que fiz foi um serviço à comunidade.'
O português ficou satisfeito e foi-se embora.
Na manhã seguinte, ao chegar à loja... adivinha o que o barbeiro encontrou à porta ...

Vá lá ... adivinha !!!

Vá ! Pensa como um português ... !!!

O barbeiro encontrou...

Uma dúzia de portugueses à espera para cortar o cabelo !!!

8.26.2009

Opiniões. Guarde-as para si

Rastafauna

Um koala estava sentado numa árvore, a fumar um charro...
Uma lagartixa que passava, olhou para cima e perguntou:
- Hei, Koala... tá tudo bem? O que estás a fazer?
O koala respondeu:
- Curtindo uma broca! Sobe, pá...
A lagartixa subiu a árvore e sentou-se ao lado do koala, a curtir uns charros.
Após algum tempo, a lagartixa disse:
- Porra, Koala, tenho a boca seca, vou beber água ao rio...
Quando estava junto ao rio, a lagartixa, desorientada com o fumo, inclinou-se muito e caiu no rio.
Um jacaré, quando a viu cair, nadou até ela, ajudando-a a subir p'rá margem.
Depois, perguntou:
- Então, lagartixa? O que aconteceu?
A lagartixa explicou que tinha estado a curtir umas brocas com o koala numa árvore, foi beber água, ficou azambuada e caiu no rio.
O jacaré disse que ia verificar a história e entrando da floresta, encontrou o koala sentado num galho, todo ganzado.
O jacaré olhou para cima e disse:
- Ei! Ó tu aí em cima!
O koala olhou para baixo e disse:
- PUTA-QUE-PARIU, Lagartixa. Quanta água é que tu bebeste?!!