4.30.2010

Outro dia, entrou-me no meu corpo o espírito do Salazar

Nenhum comentário: